- Publicidade -spot_img
terça-feira, agosto 9, 2022
HomeTendência & NegóciosNegócios: Justiça reverte, de novo, falência da Ricardo Eletro

Negócios: Justiça reverte, de novo, falência da Ricardo Eletro

Com dívida de R$ 4 bilhões, empresa alega que a maioria dos credores aprovaram o plano de recuperação judicial

- Advertisement -spot_img

A Justiça reverteu nesta segunda-feira, 11, a decretação de falência da Máquina de Vendas, dona da Ricardo Eletro. Na última terça-feira, 5, a empresa havia recebido a decisão judicial informando sobre a segunda decretação de falência em apenas 26 dias. A revogação foi publicada por Beretta da Silveira, presidente do Direito Privado do TJ-SP.

A empresa tem dívida de R$ 4 bilhões, sendo que R$ 2 bilhões são do Santander e do Bradesco. O argumento da empresa é de que a maioria dos credores aprovaram o plano de recuperação judicial. Para Pedro Bianchi, atual CEO da Máquina de Vendas, foram os interesses individuais de três bancos que levaram às falências.

A Ricardo Eletro busca se reestruturar com a venda de produtos no comércio eletrônico, e cerca de 40 pessoas compõem o atual quadro de colaboradores.

História

Após atingir o faturamento de R$ 9,5 bilhões, em 2014, a companhia entrou em um período de dificuldades que coincidiu com a recessão econômica do Brasil. Em 2018, veio a recuperação extrajudicial – graças aos bilhões em empréstimos tomados com bancos e fornecedores – e a promessa de que as coisas iriam mudar. Foi nessa época que Bianchi, então sócio do fundo Starboard, assumiu o comando da empresa.

A pandemia complicou o cenário e a Máquina de Vendas decidiu fechar todas as lojas. Com isso, a receita da empresa passou de R$ 180 milhões mensais, em 2019, para praticamente zero.

Na pandemia, Bianchi focou na renegociação das dívidas da companhia, que chegam a R$ 4 bilhões, além de mais R$ 1 bilhão em atrasos tributários. E a empresa precisou entrar em recuperação judicial.

A Máquina de Vendas passou por uma reestruturação total e dos 28 mil funcionários no auge, reduziu a operação para 40 pessoas. A ideia é retomar a operação de lojas físicas em 2023.

Com informações de Estadão Conteúdo

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img
Stay Connected
16,985FansLike
2,458FollowersFollow
61,453SubscribersSubscribe
Posts Recentes
- Publicidade -spot_img
Mais Notícias
- Publicidade -spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

error: Content is protected !!